Se tiver alguma questão, não hesite em contactar-me através do formulário abaixo. Para um orçamento personalizado, envie um e-mail com o documento anexado para veronique@writtenindutch.com. Geralmente, durante o horário de abertura, irá receber uma resposta dentro de duas horas.

Horários de abertura:

  • De segunda a sexta-feira: 7h30 – 17h CET

  • Sábados e Domingos: fechado

entre em contacto com a

Written in Dutch

algumas dicas

para facilitar a colaboração

  1. PARA O ORÇAMENTO – Naturalmente, o ponto mais importante é enviar-me o ficheiro a traduzir, reler ou legendar. Para poder ajudá-lo a obter um resultado ainda melhor, é importante que me forneça informações sobre o texto, como por exemplo o público-alvo ou o prazo de entrega. Se dispuser de listas de terminologia ou textos ou vídeos comparáveis que tenham sido traduzidos anteriormente, não hesite em enviá-los. Assim que eu tiver todas as informações necessárias poderei entregar-lhe um orçamento personalizado. É este o primeiro passo para uma colaboração de sucesso!

  2. FORMATO DO FICHEIRO – Para efeitos de tradução, aceito ficheiros em Microsoft Word, Excel e Powerpoint. Para documentos em PDF cobro uma taxa adicional. Para a redação de textos, é mais prático utilizar um documento em Word; no entanto, não é um requisito. Para ficheiros vídeo, os formatos mais práticos são .avi, .mpg, .mpeg, .wmv e .mxf. Para outros formatos, que requerem conversão antes de serem processados, é cobrada uma sobretaxa.

  3. A TRADUÇÃO: UMA QUESTÃO DE QUALIDADE – Em 2011, a tradutora Chris Durban compilou uma quantidade de perguntas frequentes num prático guia de traduções. Este guia esclarece a diferença entre um tradutor e um intérprete, ficará a saber porque é bom sinal se o seu tradutor lhe fizer perguntas durante o processo de tradução, e como limitar ao máximo as hipóteses de obter um mau resultado.