sobre a

Written in Dutch

Veronique Doggen

A Written in Dutch foi fundada com o objetivo de auxiliar empresas na sua busca de formas fluentes, claras e corretas de comunicar. Para o efeito, entrego traduções, textos e legendas de excelente qualidade. Dependendo das necessidades do cliente, posso trabalhar de forma autónoma ou em consulta com o cliente. O cliente é quem decide – desta forma, a colaboração é impecável e o resultado corresponde sempre ao desejado.

Antes do início da minha atividade como tradutora independente, já tinha reparado em como algumas empresas cometiam erros em termos de comunicação empresarial. Um folheto repleto de erros gramaticais e/ou ortográficos, que um redator profissional poderia ter eliminado, é uma oportunidade perdida para fazer uma boa impressão. Se uma empresa fornece um produto ou serviço de alta qualidade, a comunicação deverá ser do mesmo nível.

Sou membro de:

  • Câmara belga de tradutores e intérpretes
    (CBTI-BKVT)

  • Associação internacional de tradutores
    e intérpretes profissionais (IAPTI)

educação

MA em Línguas e Literaturas

Perfil:

  • MA em Línguas e Literaturas inglesas 
    (Universidade de Antuérpia)

  • BA em Línguas e Literaturas inglesas e francesas
    (Universidade de Antuérpia)

  • Formação como tradutora jurídica
    (Universidade Católica de Lovaina)

  • Formação de tradução literária e legendagem audiovisual
    (Universidade de Antuérpia)

  • Formação avançada como tradutora de português - neerlandês (Universidade de Antuérpia)

  • Formação em gramática e competências linguísticas em português
    (Universidade do Porto)

Formações complementares:

Enquanto profissional de línguas, acredito que seja importante uma formação constante. O mundo empresarial nunca para, portanto, porque eu deveria fazê-lo? Abaixo irá encontrar um resumo geral das formações e webinars que segui recentemente:

  • Diferenças lexicais entre duas variantes linguísticas
    (novembro de 2017)

  • Realidade linguística e registos linguísticos nos Países Baixos e na Flandres 
    (outubro de 2017)

  • Redação e validação linguística de textos médicos
    (junho de 2017)